Seguro de carga

Como funciona o seguro de transporte nacional de carga?

seguro transportes
seguro de transportes

O seguro de transporte nacional de carga é o seguro que garante danos e perdas que ocorrerem, transportado em veículos que sejam de transportes rodoviários, causados por capotagem, colisão, explosão, incêndio, tombamento, raio, descarrilhamento, raio, obras de arte que sejam de qualquer tipo de natureza, inundação, roubo a mão armada, extravio de volumes inteiros, desaparecimento da carga; água de chuva ou então água doce, arranhadura, amassamento, contaminação, roubo, quebra, amolgamento, contato com outras mercadorias, derrame e vazamento. Esse seguro oferece uma cobertura muito mais ampla que o RCTR-C.

Quem precisa contratar o seguro de cargas?

Hoje em dia, contratar um seguro de cargas não é algo superficial, mas já se tornou algo de extrema importância. Existem alguns tipos de seguro de cargas que já são obrigatórias atualmente, exatamente por causa do aumento no número de roubos e extravios de cargas que ocorrem diariamente. Qualquer tipo de transporte que seja realizado precisa de um seguro de cargas, e isso não é algo obrigatório a ser contratado somente pelo transportador, existem alguns casos onde o comprador ou quem está vendendo a mercadoria também precisam contratar uma apólice de seguro para a carga.

seguradora de cargas
seguro carga

O que são as coberturas adicionais do seguro de cargas?

Todo tipo de modalidade de seguro, assim como o seguro de carga, possui uma cobertura básica que é oferecida em todas as apólices. Cada segurado pode adquiri a sua apólice e verificar se todos os serviços que ele precisa estão cobertos no plano escolhido, caso esse não seja a realidade, cada segurado pode incluir serviços adicionais, que são chamadas de coberturas adicionais. Essas coberturas devem ser incluídas pelos segurados que tenham interesse, já que não são obrigatórias.

seguradora de cargas
seguro para cargas
O que é o RCTA-C?

O RCTA-C é o Seguro de Responsabilidade Civil do Transportador Aéreo de Carga, obrigatório, que precisa ser contratado pela empresa que irá realizar o transporte aéreo da carga. Esse seguro cobre danos e perdas que forem causados aos bens e mercadorias que estiverem sendo transportadas sob a sua responsabilidade, oferecendo uma garantia maior aos riscos que possam vir a acontecer, que possam danificar ou que possam causar a perda da carga durante o transporte. 

Como funciona o gerenciamento de risco no seguro de transporte?

O gerenciamento de risco é um serviço obrigatório, que todos os segurados devem contratar. Esse gerenciamento de risco é o que garante uma redução na probabilidade de que algum tipo de acidente ou roubo ocorra durante o transporte. Com o GR, os segurados têm a sua carga rastreada 24 horas, via satélite, onde existe uma equipe preparada e qualificada para acompanhar todos os passos do transporte, garantindo uma maior segurança e tranquilidade ao motorista.

O principal objetivo do gerenciamento de risco é adotar medidas de segurança que sejam mais eficazes e que possam reduzir as chances de um problema ocorrer durante o transporte, o que irá proporcionar uma tranquilidade maior durante todo o trajeto, além de reduzir os prejuízos que possam vir a acontecer.

Contratei um seguro de carga e durante o transporte aconteceu um sinistro que estragou a mercadoria. Como o sinistro tem cobertura, em quanto tempo a seguradora deve realizar o pagamento da indenização?

Após acontecer um sinistro o segurado tem a obrigação de entregar toda a documentação que a seguradora exige e que consta nas condições da apólice. Após isso, a indenização tem o prazo máximo de 30 dias para ser paga pela seguradora. Se ela solicitar que outros documentos sejam enviados além dos básicos para que haja a liquidação dos sinistros, esse prazo acaba sendo suspenso e a contagem somente é reiniciada a partir do primeiro dia útil seguinte as exigências terem sido atendidas.

seguro para embarcador
seguro para carta de ddr
O seguro de carga realmente é importante?

Os produtos são transportados até o destino e por causa disso pode acontecer do proprietário da mercadoria e da empresa que realiza o transporte da carga sofrer algum prejuízo. Com a contratação desse seguro isso pode ser evitado. Um exemplo bem claro disso é o risco de roubo que tanto a mercadoria quanto o veículo sofrem. Nesse caso, o termo utilizado para designar tal ato é o desvio de carga. Além disso, existem outros riscos que podem acontecer como é o caso do acidente envolvendo o meio de transporte que muitas vezes danifica ou destrói a carga. A atividade que a empresa desempenha é que vai definir as coberturas, tipo e percurso de carga. Assim, são oferecidos meios para que possa haver o gerenciamento das operações de transporte o que possibilita que haja uma diminuição da incidência de roubo de carga e serviços de averbação eletrônica para que as informações tenham um fluxo melhor no percurso entre origem e destino. Com o documento de averbação fica permitido que a empresa que realiza o transporte se comunique com a seguradora que realiza o embarque.

  • É preciso pagar franquia no seguro de carga?

Há uma cláusula específica de franquia nos seguros transporte nacional e internacional. Geralmente, nos contratos há a inclusão de uma franquia se ocorrer perda ou dano parcial a mercadoria transportada. Ou seja, o segurado deve participar com uma parte dos prejuízos de acordo com o que está determinado na apólice. Quando a seguradora for pagar a indenização esse valor é deduzido da franquia separadamente por mercadoria que foi transportada num mesmo veículo desde que exista realmente essa possibilidade e que as quantias estejam declaradas especificamente na fatura.

  • O seguro de responsabilidade civil de transportes de carga possui quais características que podem ser ditas principais?

Esse tipo de seguro é contratado obrigatoriamente pelo transportador para operações de transporte de carga tanto por via marítima quanto área ou terrestre. Dessa forma, garante-se que o segurado terá indenização aos danos que tenham sido causados a outras pessoas. A cobertura abrange acidentes que podem acontecer por culpa do condutor que levava a carga. As coberturas desse seguro são restritas, pois seu objetivo é pagar a indenização aos prejuízos que foram causados a carga em decorrência de acidente que o veículo transportador se envolveu. Assim, furto ou roubo de mercadoria não tem cobertura nem os danos que foram provocados em decorrência de embalagens inadequadas ou produtos que foram mal acondicionados. Também não há cobertura pra riscos fortuitos como é o caso de queda de raio ou de barreira.

cotação seguro de carga
seguro rctrc

Qual a diferença entre os rastreios de cargas e o monitoramento de cargas?

O Brasil é um dos países do mundo que transporta a maioria dos produtos e das riquezas por rodovias estaduais e rodovias federais. A partir disto, devido as más condições de estradas, bem como os grandes índices de violência do país, é fundamental que se adote sistemas de rastreamento e monitoramento de cargas e frotas.

O rastreamento de cargas nada mais é do que um sistema diferenciado que tem toda a capacidade de registrar e de analisar todas as ocorrências que acabaram aparecendo ao longo de todo o seu trajeto que foi devidamente percorrido pelas cargas, o que possibilita uma identificação de vários problemas que devem ser feitos para melhorar este cenário.

O monitoramento das cargas, por sua vez, permite que seja feito o acompanhamento em tempo real de mercadorias que são transportadas. E ainda levando em conta os exemplos de encomendas, o monitoramento deverá permitir a verificação de todos os movimentos das mercadorias, tudo o que aconteceu, e tudo o que acontece com ela neste momento.

O sistema de rastreamento pode ajudar na recuperação rápida das cargas?

Sim, sem dúvidas, a partir disto investir em um sistema de rastreamento e de monitoramento dos veículos é uma medida fundamental para quem se preocupar com a total segurança das frotas. Tudo isto se trata de um serviço que registra toda a rota que for percorrida, bem como a velocidade do deslocamento do veículo e a localização exata do mesmo.

Se o veículo for roubado, este é um sistema que possui uma capacidade de enviar rapidamente um sinal indicando exatamente a sua posição. Todos os dados são enviados através de sistemas de transmissão online, junto de uma central de comando que conseguirá bloquear o veículo e acionar um alerta.

Caso ocorra algum tipo de sinistro, existe uma pronta resposta aérea e terrestre?

Sim, certamente, nossa empresa oferece uma equipe bastante diferenciada de pronta resposta, que conta com antenistas em todo o Brasil, e em casos extremos é possível se solicitar o sistema de pronta resposta aérea. Este é um serviço que poderá ser contratado e cobrado á parte, mas para a utilização de equipamentos neste sentido, é necessário que o serviço seja solicitado junto do atendimento.

Existe uma obrigação por parte das empresas de contar com uma utilização de isca eletrônica?

Sim, sem dúvida alguma, são diversas as seguradoras que estão colocando todas as suas apólices e uma obrigatoriedade de utilização dos rastreadores para cargas. Entre as empresas que exigem a contratação deste tipo de serviço podemos citar a Bradesco Seguros, a Liberty, a Itaú, a Sul América, entre outras. Antes de contratar os serviços, é de fundamental importância que o empresário consulte as suas apólices de seguro, e analise as cláusulas de utilização de iscas, bem como da utilização de escoltas armadas e qual será o seu tipo de obrigação. A partir desta solução, certamente você terá uma total garantia de qualidade e segurança no transporte de seus produtos desde a sua empresa para o seu cliente final.